NetBeans em inglês

12.fevereiro.2009
Toda boa idéia acaba desbundando para algo porco, mal feito ou que simplesmente causa a morte de milhões de pessoas, como a televisão, o Orkut ou a bomba atômica.

Alguém, algum dia, teve a idéia de traduzir o NetBeans. Claro, afinal existem milhares de programadores preguiçosos que não sabem trabalhar com um botão Run, mesmo ele sendo aquela setinha verde de sempre, ou um menu File, mesmo ele estando no mesmo lugar desde 1985. Tudo bem, foi uma boa idéia para quem precisa. Bastaria eu baixar a versão em inglês e ignorar as traduções.

Aí alguém avacalhou com a idéia: ‘por que não alteramos o idioma automaticamente, de acordo com as configurações na máquina do usuário?‘. E lá se foi meu direito de escolha para usar o IDE no idioma que eu bem entender.

Para resolver esse problema, já que eu não quero trabalhar com Rails usando Visualizações, Controladores nem Modelagens, você tem que abrir a pasta onde o NetBeans foi instalado, e editar o arquivo etc/netbeans.conf e adicionar na opção netbeans_default_options a sequência -J-Duser.region=US -J-Duser.language=en.

Pronto, abra o NetBeans e aproveite a interface como ela realmente é, com seus devidos Models, Views e Controllers. Ou então, se possível, use o Eclipse, o que eu pessoalmente prefiro.